Início / Artigos / Rioter explica como o Dardo Ofuscante do Teemo funciona no Lee Sin
SemLag

Rioter explica como o Dardo Ofuscante do Teemo funciona no Lee Sin

No ‘Pergunte à Riot’ de hoje, o Rioter Tiger Lily respondeu a uma pergunta que era a dúvida de milhares de jogadores: Como o Dardo Ofuscante do Teemo funciona no Lee Sin? Confira a resposta abaixo:

Para quem enxerga, os dardos do Teemo causam cegueira, jogando suas vítimas em um abismo de noite instantânea… Só que uma coisa que poucos sabem é que para aqueles que não enxergam, seus dardos causam o efeito inverso! Quando os dardos atingem a pele do Lee Sin, ele visualiza um mundo cheio de cores e formas em movimento! Tudo aquilo que só existia na sua imaginação – formas das folhas que caem no outono, nuances de um sorriso tímido, estrelas cintilando no céu – dança em harmonia na sua frente. E aí… passa. O vazio das trevas envolve seus olhos e, mais uma vez, e a alegria de enxergar vai embora.

Pelo que sabemos, bem, Teemo é o demônio. E apenas um demônio poderia devolver a visão à alguém cego e tomá-la de volta depois.

Riot Tiger Lily, Editora, Equipe de Narrativa

 

Outra dúvida também foi abordada, sobre uma possível melhora de experiência do jogador, que inclusive está implantada em alguns jogos atuais e populares hoje em dia: Por que a Riot não separa os jogadores tóxicos dos jogadores com boa conduta? A resposta do Rioter Gromp foi a seguinte:

Vamos começar dando um pouco de contexto sobre o que é a Ilha dos Confinados. A proposta diz que qualquer jogador que não tenha espírito esportivo e apresente uma conduta negativa durante o jogo deve ser separado dos demais. Parece ser uma solução satisfatória, uma vez que envia idiotas para uma ilha e teoricamente melhora os jogos dos demais, mas vai contra os nossos valores de reforma.

O conceito da Ilha dos Confinados não funciona no League por conta de dois pontos principais:

Ponto um: Acreditamos que jogadores negativos podem ser verdadeiramente reformados

Sabemos que a maior parte do comportamento negativo vem de um deslize, não acreditamos que a pessoa esteja comprometida a arruinar o jogo de alguém. Isso é a principal razão de considerarmos a reforma como um ponto central em muitas das nossas iniciativas. Então enquanto a reforma de jogadores for um valor importante para nós (spoiler: sempre será um valor importante) não podemos isolar 10 jogadores (ainda que ocasionalmente) negativos em partidas que seriam ainda mais negativas, e esperar que isso mude alguma coisa na atitude deles.

Em vez disso, fornecemos um feedback franco sobre a conduta negativa e damos a chance da pessoa perceber seus erros, crescendo como jogador e parte da comunidade. Aliás, a nossa Ferramenta de Feedback Instantâneo atual não é muito boa nisso. A partir de informações das denúncias enviadas por vocês, enviamos um cartão de reforma para jogadores punidos explicando o motivo de outros jogadores acharem aquela punição devida, mas deixamos de enviar a ideia de como eles podem melhorar e crescer. Precisamos trabalhar em cima disso.

A gente sabe que tudo isso pode parecer ingenuidade, e é por isso que o martelo do banimento está sempre próximo para que possamos cuidar de jogadores que não estão muito interessados em ter uma conduta bacana durante as partidas. Como o conceito da Ilha dos Confinados basicamente significa desistir desses jogadores, não podemos adotá-lo como uma solução para comportamento negativo.

Ponto dois: A Ilha dos Confinados é uma experiência terrível para seus “Prisioneiros” por muitos motivos

Ao isolarmos jogadores negativos em uma única fila, eles passariam a encarar problemas que fariam o League fornecer sempre uma experiência ruim. A fila apresentaria muito mais toxicidade durante os jogos, claro, mas o número reduzido de jogadores também causaria tempos de espera terríveis e um gerenciador de partidas desequilibrado. Poderia até ser satisfatório dizer “fizeram por merecer!”, mas isso vai totalmente contra os nossos valores de colocar a experiência do jogador em primeiro lugar.

Além disso, construir e administrar o serviço de uma Ilha dos Confinados iria impedir que Rioters trabalhassem em esforços que condizem com o que acreditamos, como melhorar a Ferramenta de Feedback Instantâneo, a detecção de feeding intencional e a reformulação de sistemas legado, como a Honra.

Riot Gromp, Sapinho da Comunicação, Comportamento do Jogador e Simurgh, Designer de Jogo, Comportamento do Jogador

 

 

 

 

Fonte(s): League of Legends.

Sobre Max Pita

Jogador de LoL de level Diamante Canal de LoL: http://youtube.com/legendsbrcom Canal de Jogos: http://youtube.com/maxpita Twitter: https://twitter.com/max_pita Facebook: https://www.facebook.com/mitopita/

Veja Também

TORNEIO AMADOR X1 OP #38

Nosso torneio de X1 começa as 16h Escolha seu campeão favorito e venha pra Arena. Marque seus amigos