Início / Artigos / Jogadores do LoL se irritam com produtos caros demais.
SemLag

Jogadores do LoL se irritam com produtos caros demais.

O League of Legends muda radicalmente com uma frequência absurda. Sendo assim, as dezenas de milhões de jogadores aprenderam a largar a timidez na hora de dizer à Riot que detestaram algo – normalmente escrevendo um texto enérgico nos fóruns. Essa semana, fãs indignados fizeram algo bem mais elaborado. E incrível.

A gota d’água para a novela foi o anúncio dos Chroma Packs no PBE (o servidor público de testes da Riot). Chroma Packs são pacotes de cores alternativas para uma skin de um dado campeão. Elas mudam a aparência do personagem dentro do jogo de maneira ínfima, porém significativa.

Já faz algum tempo que os jogadores do LoL pediram algo como os Chroma Packs. O motivo da Riot adicionar os Packs foi uma pesquisa feita com os jogadores sobre as intenções dos Packs. Qual foi o problema então? O preço.

O anúncio foi feito dizendo que os Chroma Packs só poderiam ser comprados com Riot Points (RP, a moeda do jogo que só se compra com dinheiro real). Cada Pack sairia por 590 RP, equivalentes a quase 10 reais aqui no Brasil.

Os jogadores se irritaram com o preço. Quase 10 reais por variações em UMA skin? Muitos deles insistiram para que a Riot vendesse os Packs por Influence Points (IP, a moeda que se ganha dentro do jogo). Os outros jogos do gênero, como Heroes of the Storm e Smite oferecem pacotes de cores similares completamente de graça. No Heroes, por exemplo, basta jogar com o personagem para que ele suba de nível e pronto, pode usar outras cores. Por fim, os jogadores, desapontados, exigiram que fosse possível comprar só a cor que desejavam, invés de um pacote inteiro, para que ficasse mais em conta.

E em seguida a Riot fez um anúncio de algo que irritou mais ainda os jogadores: Alegaram que o motivo da empresa colocar esse preço alto é porque, segundo eles, as cores novas vão além do que qualquer um com conhecimento básico de Photoshop seja capaz de produzir; que o preço de 590RP foi baseado “no trabalho dedicado à produção.”

A comunidade do LoL não engoliu e foi além: um jogador quis provar que achou tudo isso conversa fiada e ele mesmo fez alguns designs de personagens customizados parecidos com os dos Chroma Packs e rodou eles no jogo, para tirar qualquer dúvida de viabilidade deles ingame.

Apesar de ser apenas um argumento para alegar que o preço era absurdo, houve uma reação maior ainda vinda de um fã alemão que alegou que faria a alteração de cor que qualquer jogador pedisse para ele. E isso desencadeou uma série de outros membros da comunidade que fizeram a mesma coisa. De um dia pro outro o subreddit do LoL foi inundado por skins feitas por jogadores que atendiam pedidos uns dos outros.

Existe um microverso de opções customizadas por usuários do LoL, e ele não é novo. Pode procurar no Google. Muitos desses usuários se sentiram ofendidos pelo preço cobrado por uma mudança que muitos conseguem fazer em casa com programas como o Photoshop GIMP. Segundo muitos deles, o trabalho não vale os quase 10 reais.

Não foram as novas cores que irritaram os jogadores, tampouco o fato delas serem alterações estéticas pagas. Muitos jogadores gostam de comprar as skins ou até mesmo ícones de invocador. O que indignou tanta gente foi a relação de valor cobrado sobre o quanto elas alteravam. Existem skins legais e que custam menos quando estão em promoção.

Foi perguntado se a Riot pretende reduzir os preços dos Chroma Packs diante da reação negativa da comunidade, porém nenhum representante se pronunciou ainda. Mas independente do que a Riot optar em relação aos Chroma Packs agora, as opiniões da comunidade parecem já possuir vida própria.

Matéria adaptada do Kotaku

Sobre Ashtear

Tradução, revisão, localização, negócios. Translation, proofreading, localization, business.

Veja Também

Caso Zoe: Azir 2.0?

Parece que a criança hiperativa vai ficar de castigo por um bom tempo...