segunda-feira, 11 de novembro de 2019
Início / Artigos / Como ser Coach de LoL | Episódio 2
SemLag

Como ser Coach de LoL | Episódio 2

QUAIS AS FUNÇÕES DE UM COACH? – PARTE 2

Fala galera tudo certo? Dando continuidade a nossa série de “como ser coach de League of Legends”, vamos à parte final dos seis tópicos iniciais. Espero que gostem!

Seleção de Campeões: Essa é a parte mais impactante de um treinador em uma partida. No alto nível do competitivo, você quase sempre conhece a equipe adversária, sabe a zona de conforto e como ela costuma jogar. É uma seleção de campeões bem diferente. Você costuma ver “banimentos direcionados”, que é quando uma equipe da um ban em um campeão que as vezes nem está no meta, mas o jogador adversário é tão bom com ele, que é digno de banimento. Uns exemplos que mostram claramente isso são: Blitz (Aphromoo – CLG) Rengar (Reignover –  Fnatic 2015) e Graves (Emperor Keyd 2014-15). No caso da galera que está começando e que vai pegar torneios amadores da battlefy.com e etc., é mais difícil, sugiro que dê bans naquilo que sejam escolhas fortes contra os campeões que foram escolhidos pelos seus jogadores. Por exemplo, se o seu top vai jogar de Maokai, um banimento interessante seria no Trundle que é uma resposta direta ao campeão, Gragas e/ou Azir são boas respostas para os Kindred, Alistar para Thresh e assim por diante. Outra opção é banir o que é forte contra a sua composição, por exemplo Gragas ou Jana se a sua composição for de iniciação forte. Nas primeiras voltas, evite escolher os carregadores de primeira (a rota do meio e o atirador). Tente deixar essas escolhas por ultimo para você ver o que seu adversário tem a oferecer e poder responder da melhor maneira possível. Escolher na ordem padrão que é; selva/suporte/topo/atirador/meio, é a ordem mais segura, salvo algumas exceções. Só para lembrar, farei posteriormente um vídeo sobre cada tópico abordado com mais detalhes (inclusive as exceções deste tópico) e depois faremos um outro sobre o ingame. Tudo na sua hora.

Elaborar as estratégias de jogo: É meu amigo! Você não pode soltar seus cinco jogadores como cães em uma rinha e esperar algum resultado estratégico saia dali. Então cabe ao treinador definir as estratégias de jogo, se irão invadir a selva adversária no nível 1, se irão fazer inversão de rota e como fazer, se irão fazer o jogo padrão e acumular recursos devido a composição ou característica da equipe. As condições são inúmeras, assim como suas respostas, mas há um certo padrão como um jogo de xadrez, reações automáticas que as equipes fazem nos movimentos iniciais. Por exemplo se você invadir a selva na parte do topo para posicionar sentinelas, fique certo que a equipe adversária fará o mesmo na sua rota inferior e então saiba que assim como você tem visão da selva inimiga, o time adversário muito provavelmente também terá a visão da sua. Então ao final da seleção de campeão você já terá que dizer qual será a estratégia inicial e no decorrer do jogo. Não espere que o time siga à risca de cara, como todo o processo inicial, isso levará um tempo, algumas semanas no mínimo. Porem vocês já terão uma melhora em jogo.

Importante elaborar estratégias básicas para sua equipe. Uma delas é empurrar rotas próximas ao objetivo e ter visão da entrada da selva inimiga pra ser feito com pouca chance de contestação. Isso deve ser automático na equipe.
Importante elaborar estratégias básicas para sua equipe. Uma delas é empurrar rotas próximas ao objetivo (mantendo os carregadores presos na torre) e ter visão da entrada da selva inimiga. Desta forma haverá pouca chance de contestação. Isso deve ser automático na equipe.

Treino teórico: É gente… agora chegou a hora que nem todo o player gosta de fazer: o treino teórico. Para melhor ilustrar, o treino teórico para o pró-player é como o treino físico para o jogador de futebol, uma coisa chata, porém necessária. Eu, mesmo com a minha equipe, nos cinco treinos que temos em média na semana, pelo menos em dois deles eu gasto quase uma hora e meia de treino teórico. Nas equipes grande você pode quadruplicar (sem exagero) esses números. Mas o que diabos é esse “treino teórico”? Existem diversas formas, vou passar as que eu mais uso, logo, as que eu tenho certo conhecimento e posso passar com mais segurança para vocês.

Analisar as próprias partidas: As gravações dos seus jogos, que foi dito e introduzido no episódio anterior, faz valer aqui. Lembro que veja os vídeos das derrotas, nela seus erros são mais claros e fáceis de consertar. Nas vitórias (salvo quando a equipe comete um erro MUITO grande que praticamente custa o jogo), dificilmente terá algo severo a se corrigir, afinal você ganhou e em tese fez as coisas certas. Nas derrotas é onde os erros ficam evidentes e a “ferida arde” mesmo. Apontar os erros é necessário, mas é nesse ponto que, na minha opinião, difere o “chefe” do “líder”. O chefe vai apontar os erros, esfregar na cara da pessoa e passar para o próximo ponto. O líder vai apontar o erro, NÃO esfregar na cara, vai falar num tom apropriado (mesmo que no fundo queira matar o cara, sim isso já aconteceu comigo e acontece com todos). Entretanto você mostrando com calma os erros e, aí vem o mais importante, mostrando o que deveria ser feito, qual seria a solução correta, você irá fazer com aquele passo em falso do jogador dificilmente ocorra em outra oportunidade. Então quando for analisar o vídeo e ver um erro que custou o jogo, ou simplesmente um objetivo. Além de anotar o erro, veja quais as eram as soluções possíveis, talvez não se manter em profundidade na selva adversária após uma luta que até “deu bom” entre inúmeras possibilidades. O conceito é, ao apontar um erro, aponte a solução, e assim, seu player vai evoluir e você ganhará o respeito da sua equipe por mostrar o caminho das vitórias para eles.

Não seja este tipo de pessoa, apontar os erros de forma instrutiva e junto dele a solução para a situação, fará com que seu jogador se sinta mais confiante e te respeite mais.
Não seja este tipo de pessoa, apontar os erros de forma instrutiva e junto dele a solução para a situação, fará com que seu jogador se sinta mais confiante e te respeite mais.

Mostrar vídeos de jogos competitivos: Mesmo o nível do competitivo sendo bem acima, ainda assim há conceitos básicos que você pode passar para a sua equipe. Mostrando como eles fazem as inversões, rotações, controle de visão de mapa, controle de objetivo, controle de visão de objetivo. Sempre mostrando os pontos cruciais que a sua equipe pode mimetizar mesmo, copiar as ações. Indico um vídeo recente, a aula que a SKT deu de jogo defensivo contra a RNG no ultimo MSI (vou tentar fazer um artigo especial sobre isso essa semana ainda). Então é importante acompanhar o NA, EU e LCK para ver os jogos, as jogadas e procurar entender como e por que as coisas acontecem, tentando passar da maneira mais simples para os seus jogadores. Pontue as partes importantes por exemplo:
“No minuto 12:33 do vídeo a equipe A adianta a rota do meio e a rota inferior deixando os carregadores presos debaixo da torre farmando permitindo que o caçador controle a visão da entrada do dragão para que o objetivo seja feito com mais facilidade”.

 

Este foi um exemplo bem hipotético de como você pode passar conceitos importantes para seus jogadores de uma maneira simples e objetiva.

 

Bom clã, esses foram os tópicos iniciais, espero que sejam o suficiente para que você tenha uma base de como ser coach de League of Legends. Nos próximos vídeos vou me aprofundar o máximo possível em cada um dos seis pontos iniciais, para que você tenha uma fonte, para que, sempre que queira consultar algo ou relembrar algum detalhe. Após isso vou aprofundar em estratégias básicas de equipe, postura em game e até como seu player pode melhorar individualmente.

Um abraço e até o próximo vídeo… Ah, não esqueça de dar aquela moral na minha página e qualquer dúvida que os vídeos não esclareceram, me pergunte lá que irei tentar te ajudar da melhor maneira possível!

Sobre Max Pita

Jogador de LoL de level Diamante Canal de LoL: http://youtube.com/legendsbrcom Canal de Jogos: http://youtube.com/maxpita Twitter: https://twitter.com/max_pita Facebook: https://www.facebook.com/mitopita/

Veja Também

Kai’Sa: Voz em português, tela de login e mais!

Está chegando mais uma criatura do Vazio.