sábado, 19 de outubro de 2019
Início / Artigos / Lidando com a raiva
SemLag

Lidando com a raiva

Jogar partidas ranqueadas da SoloQ as vezes é um monstro de sete cabeças. Por mais longe que os competitivos jogos online vão, não há outra experiência que captura esse sentimento tão diferente de entrar em um jogo de SoloQ nos jogos MOBA. Se você está lendo isso, então provavelmente já tem algum conceito do que entrar num jogo de SoloQ com nove completos estranhos pode ser. Quando eu vejo pessoas reclamando sobre a Solo Queue, são sempre o mesmo tipo de reclamações:

Eu sempre tenho trolls no meu time.

Meus companheiros de time estão sempre feedando.

Alguém sempre fica AFK.

Pessoas dão rage e me reportam sem qualquer motivo.

Eu não consigo carregar porque meu time simplesmente não quer ganhar.

Essas reclamações podem ser um pouco verdadeiras, mas entenda que o colapso da comunicação com o time na SoloQ é um efeito dominó em todos os membros do time. O que VOCÊ pode fazer para tentar prevenir isso? E quando inevitavelmente isso acontecer em alguns jogos, o que VOCÊ pode fazer pra se livrar disso e tentar ganhar apesar disso? E se você acabar perdendo, como VOCÊ evita se sentir frustrado quanto ao próximo jogo? Eu estarei respondendo a essas perguntas em breve. Mesmo que sua impressão geral da SoloQ seja positiva ou negativa, eu estou escrevendo isto pra te ajudar a obter o máximo da sua experiência na SoloQ. Eu não quero só ajudar você, o leitor, a ser capaz de tolerar a SoloQ, mas eu também espero que você passe a realmente apreciá-la e descobrir o que pode servir de recompensa sobre ela. Então, pra começarmos…


O que é a SoloQ e por que eu a odeio?

Não estou perguntando literalmente, pois todos os jogadores de League of Legends “sabem” o que é a SoloQ. O que eu estou tentando fazer você pensar com essa pergunta são nos fatores que estão em jogo sobre o porquê a SoloQ pode se tornar um lugar tão horrível de estar. Se você pensar sobre o que está acontecendo na SoloQ em um nível social, é realmente bem absurdo. Você, JoãoNinguém69, está se juntando a quatro completos estranhos que você agora é forçado a se comunicar e juntos se coordenarem para ganhar um jogo de League of Legends contra outro grupo de cinco completos estranhos. Dado o tanto de trabalho de equipe necessário e o tanto de complexidade estratégica que há em League of Legends, fazer isso trabalhar a teu favor pode parecer um conceito precário quando já é difícil fazer todos concordarem e serem cooperativos.

Se você é como a maioria das pessoas, você provavelmente odeia a SoloQ por causa de uma combinação de não se sentir no controle do resultado das partidas e também porque as pessoas simplesmente são egoístas e idiotas quando as coisas não acontecem perfeitamente pro time deles. Se isso está acontecendo todos os jogos, isso pode simplesmente fazer a tua vontade de jogar SoloQ desaparecer. Afinal, qual é o sentido?  Todos vão simplesmente discutirem e nada do que você faça no jogo importa pois você vai perder não importa o que você faça, não é mesmo? Bem, talvez. Mas alimentar o comportamento negativo das pessoas discutindo com elas, o que parece ser o automático a se fazer nessa situação, simplesmente faz as coisas ficarem piores pra você e pro seu time. “Alimentar os trolls”, por assim dizer, é uma armadilha clássica que as pessoas caem muito frequentemente. SoloQ não é uma exceção. Quando esse ciclo de negatividade para lá e para cá começa em um jogo, pode se tornar difícil fazer isto parar.

Por que as pessoas dão rage e o que eu posso fazer quanto a isso?

Pode começar com algo pequeno. Alguém errou uma skillshot e por causa disso perdeu uma kill. Alguém foi ganancioso e acabou dando o First Blood para o time inimigo quando o carregador da Selva apareceu inesperadamente. A sua Sona suporte acidentalmente roubou uma kill com o Q. Pode ser qualquer coisa, na verdade. A conclusão é que alguém fez algo no jogo que outro jogador achou que não deveria ter acontecido, fazendo com que este jogador fique bravo sobre isto. Eles acham que as coisas devem acontecer de certa maneira no jogo e são muito teimosos e voltados apenas para si próprios para viver e entender os erros dos outros e focarem apenas neles próprios. A expectativa leva ao desapontamento. Como você pode imaginar, tanto deste exemplo quanto da sua própria experiência, não adianta discutir com as pessoas sobre isso. Mas algumas vezes isso pode ser irresistível, porque eles estão demonstrando um senso tão grande de estarem no direito de fazerem isso e um senso tão grande de egocentrismo que pode ser difícil não querer colocar essa pessoa em seu devido lugar. Mas antes de você decidir fazer isto, faça algumas perguntas para si mesmo: “Isto vai ajudar meu time a vencer?” “Isto vai fazer o jogo ficar mais legal para mim?” “A minha discussão vai fazer esta pessoa entender o erro em suas atitudes e mudar completamente?!”

A resposta para estas perguntas vão quase sempre ser “não, não vai”. Pessoas são teimosas e geralmente inflexíveis, continuando a ficarem da mesma forma e fazerem as mesmas coisas, não importa o que aconteça. Especialmente quando você está lidando com pessoas que tem egos do tamanho de um Cho’Gath com seis stacks, você não vai convencê-los de nada discutindo com eles, mesmo que você esteja certo.


O que eu posso fazer nessas situações, então?

Você já teve um chefe ou professor que só falava o que você estava fazendo de errado, e nunca elogiava quando você fazia um trabalho bem feito? Se você já teve, você sabe como é sentir-se tendo que constantemente corrigir suas ações para evitar erros e ganhar aprovação, simplesmente para receber mais e mais críticas. Isso pode fazer com que você se sinta frustrado e com raiva, e no final das contas, prejudicando seu desempenho. No final das contas, o mesmo princípio se aplica a League of Legends. Vamos dizer que o seu jogador do mid começa a culpar seu carregador da Selva por tudo o que está acontecendo de errado em sua lane, então começam a criticá-los por tudo o que fazem. Se ninguém entrar no meio disso pra falar pro carregador da Selva que ele está fazendo um bom trabalho, ele vai provavelmente se sentir frustrado e vai se doar menos para ganhar o jogo. Você pode negar parte dessas críticas com alguns poucos elogios pelo que ele esteja fazendo certo. Um simples “gj” ou “boa” vai servir na maioria das situações.

Você pode agir para prevenir situações onde seus companheiros de time estão brigando entre si, também. Um membro da comunidade chamado “gregidot”, conhecido como “Sky Williams”, fez um vídeo sobre a “teoria do puxa-saquismo”. (você pode ver esse vídeo aqui). O princípio básico da “Teoria do puxa-saquismo” é que afirmações positivas constantes para cada coisinha pequena que seus companheiros de equipe façam certo vai fazer com que eles continuem querendo jogar bem. Seres humanos buscam aprovação, e se receberem um pouquinho dela, vão continuar fazendo o que quer que tenha feito eles receberem essa aprovação em primeiro lugar. Começar esse ciclo de comunicação positiva no seu time antes que as pessoas comecem a se tornar negativas pode garantir as boas vibrações durante todo o jogo.

Acima de tudo, evite ser aquele cara. Culpar e xingar seus companheiros não vai fazê-los jogarem melhor. Se você quer ganhar seus jogos, não há motivo algum para fazer isso.

E se eu for o jogador sofrendo rage?

Primeiramente, é importante diferenciar críticas construtivas de críticas negativas ou rage. Se um companheiro de equipe está oferecendo críticas construtivas, aceite humildemente e continue jogando. Muitas vezes eu vejo pessoas começarem longos debates dentro do jogo sobre a “teoria de League of Legends” e ficarem procurando pelo em ovo sobre todas as jogadas de seus companheiros. Não há nenhuma boa razão pra fazer isso. A única coisa que isso faz é tirar o foco da tarefa que você tem que executar no momento, que é vencer o jogo que você está. É ruim para a moral do time que essas formas de discordâncias estejam acontecendo no meio do jogo e não traz nenhum benefício imediato além da satisfação do próprio ego. Se você se sentir compelido a discutir sobre tais coisas, deixe para fazer isso após o jogo. O tempo que levam para completar um jogo não é o suficiente para qualquer uma das partes envolvidas processarem novas informações objetivamente e aprender com elas.

Se alguém está legitimamente dando rage em você ou te insultando, a melhor coisa a fazer é não alimentar este comportamento. Se você conseguir, simplesmente não responda a tudo isso. Se você precisar responder, use respostas curtas e neutras. Isso não quer dizer que você não deva assumir a culpa quando você fizer algo de errado. Um simples “foi mal” é o suficiente. Se a pessoa continuar a te insultar, a melhor coisa a se fazer é apertar o botão de “ignorar”.  Não tem lógica deixar a negatividade deles te afetar. O mesmo princípio discutido acima se aplica aqui: o comportamento negativo dos outros vai prejudicar seu desempenho se você permitir.

Algumas vezes você vai jogar mal. Algumas vezes você vai feedar ou entregar o jogo. E inevitavelmente pessoas vão ficar bravas quanto a isso. Em vez de deixar a atitude dessas pessoas te afetar, foque em você mesmo. Pense sobre o que aconteceu de errado e pense no motivo disso ter acontecido. Você escolheu o champion errado? Você falhou em antecipar um gank que levou a uma laning phase horrível? Você falhou em coordenar-se com seu time efetivamente? Essas são perguntas a se fazer no final de cada jogo. Quando você perde um jogo, olhe para ele como uma experiência de aprendizagem. Perder jogos é algo frustrante, mas não tem como impedir isso completamente. Você pode, então, extrair o máximo que você pode dessa experiência, até porque +- 50% dos seus jogos serão derrotas de qualquer forma.

Mas como eu me recupero de uma derrota, ou de uma série de derrotas?

Perder não é divertido. Se você perdeu várias vezes em sequência, pode ser um choque enorme no teu ego, especialmente se as pessoas ficaram dando rage em você por cada coisinha que aconteceu de errado. Esse é um dos piores feedbacks negativos que você pode receber ao jogar League of Legends. Seu desempenho vai piorar quando você está em “tilt” e constantemente recebendo feedback negativo dos outros jogadores, o que fará com que seu desempenho piore ainda mais quanto mais isso acontece. Especialmente perdendo várias vezes em sequência, entrar em “tilt” é quase inevitável. Mesmo que você esteja colocando tudo o que eu escrevi acima em prática, continua o fato de que pequenas coisas ainda vão se acrescentando conforme o tempo passa e vão fazer você se sentir pra baixo e pensando que é um player ruim. O melhor conselho que eu posso dar neste caso é dar um tempo no jogo. Vá dar uma volta. Vá ler um livro. Vá assistir a um filme. Faça alguma coisa além de jogar League of Legends para clarear sua mente, porque você provavelmente não vai estar jogando no nível em que você é capaz se você for jogar frustrado e em “tilt”.

Após clarear sua mente, você pode considerar jogar um normal game para entrar em um ambiente de criação e redescoberta do jogo, onde você pode pegar o jeito do jogo novamente sem a pressão de ganhar/perder pontos de liga pra você ou pras outras pessoas. Conforme você sentir que você voltou a jogar no teu potencial, tente jogar um ou dois jogos na SoloQ e veja o que acontece. Você talvez ficará surpreso com o que um pouquinho de tempo fora pode fazer para recuperar o teu jogo.

E você, tem mais alguma dica sobre como lidar com a raiva? Não deixe de comentar!

via Reign of Gaming

Sobre Blitzcrank

o Grande Golem a Vapor. Redator do LegendsBR nas horas vagas.

Veja Também

Caso Zoe: Azir 2.0?

Parece que a criança hiperativa vai ficar de castigo por um bom tempo...