quarta-feira, 13 de novembro de 2019
Início / Artigos / Entrando na mente do jogador
SemLag

Entrando na mente do jogador

A mente do jogador – 7 coisas que você precisa fazer mentalmente enquanto joga partidas ranqueadas

League of Legends é um jogo de confiança e competência. Não estou dizendo que um Atirador Bronze pode se transformar no Doublelift do dia para a noite enquanto chama todos de lixo, é claro, você precisa desenvolver suas mecânicas também. O oposto também é verdadeiro – se você acredita ter as mecânicas do Doublelift, mas você não entende que você não tem e você confia nessas mecânicas, você nunca vai melhorar.

Com isto dito, entenda que a mente é muito menosprezada em League of Legends – e isso é verdade porque já vimos alguns streamers que simplesmente passam o trator nos Bronzes, Pratas, Ouros e Platinas com um campeão que eles se sentem realmente confortáveis, o BoxBox de Riven me vem a cabeça. Essas pessoas são tão boas mecanicamente que entram em um jogo confiantes de que podem carregar completamente. E essa é a palavra-chave: confiança. Eles entram no jogo com um estado mental forte, e o que é que controla seus músculos? Sua mente. Se a sua mente não está focada, o resto de você também não estará. Se a sua mente está cheia de maus pensamentos (esse mid é horrível, meu carregador da Selva é um lixo), provavelmente você irá executar jogadas ruins.

Ter o controle de suas emoções e da sua mente é uma das maneiras de se diferenciar entre ser um bom jogador de Irelia e ser um excelente jogador de Irelia. Eu acredito que você tem o potencial de estar em uma liga bem maior da que você está agora, e usar a mente é tão importante quanto acertar os Disparos Místicos do Ezreal. Você nunca vai saber se poderia ser melhor se não se dedicar a desenvolver tanto a força física quanto a mental.

Aqui estão sete coisas que você precisa fazer para chegar lá.

1. Jogue para jogar excelentemente, não para jogar mal.

A maioria de nós consegue jogar bem. O que isso quer dizer? Bem, acertar a maioria dos golpes finais nas tropas inimigas, não feedar o oponente, pegar alguns objetivos aqui e ali. Isto é bom, mas os jogadores ótimos entendem que “bom” pode ser um inimigo de “ótimo”. Eles sabem que se eles estiverem preocupados em não serem “ruins”, não vão poder se soltar e relaxarem o suficiente para jogar excelentemente. Aquela oportunidade de dive na torre que você teve, mas não aproveitou por causa do medo de levar outplay do oponente? Você precisa entender que você está no controle, e no assento do motorista. Você tem a escolha de determinar se você vai simplesmente jogar “bem” ou se vai jogar “excelentemente”. Se você consegue constantemente fazer as escolhas certas, você irá jogar “excelentemente”.

Existe também uma linha bem fina entre jogar excelentemente e jogar de modo descuidado. Jogadores descuidados lutam contra o oponente quando estão atrás em gold e em níveis. Jogadores descuidados invadem a selva sem considerar se eles conseguem ganhar em um duelo, ou se a entrada estava wardada, porque eles estão convencidos de que precisam “fazer jogadas”. League of Legends não é sobre “fazer jogadas”, e sim sobre decisões inteligentes que eventualmente levarão a jogadas incríveis. E você só poderá fazer jogadas incríveis quando o momento for certo, e a chance estiver bem na ponta do seu nariz. Mas quando o momento chegar é melhor você saber que precisa agarrá-lo ou ele lhe escapará.

2. Ame as dificuldades de cada jogo.

League of Legends, assim como a maioria dos outros esportes, é um jogo de erros e imprevisibilidade. Em um mundo perfeito, você teria um time de cinco contra cinco onde todos estão em um mesmo nível de habilidade, e quem tivesse o melhor desempenho ganharia o jogo. Isto não acontece em League of Legends. As pessoas têm um desempenho pior do que o normal ou exibem uma adaptabilidade quase que sobre-humana em certo jogo. Ou talvez tenha uma smurf que acabou simplesmente entrando na fila solo ao mesmo tempo em que você. Em um mundo perfeito, o placar seria quase sempre bem próximo, em vez de ser como essas partidas ranqueadas “bola-de-neve” que você provavelmente já é experiente.

Se você realmente ama League of Legends e ama jogar nas filas ranqueadas, então você também precisa amar o fato de que este mundo não é perfeito, que League of Legends é um jogo imperfeito e que os seus companheiros de equipe não possuem o mesmo nível de habilidade. Não importa qual seja a classificação deles, o nível de habilidade de cada um baseado na role que escolheram é diferente. Se você perder tempo lutando contra o fato de que as pessoas cometerão erros e vão fazer você falar “Por que X fez Y?”, você não está verdadeiramente amando este jogo. Pessoas que entendem League of Legends e amam esse jogo aceitam isso. Eles sabem que pessoas vão cometer erros, e apesar disto deixa-los bravos ou frustrados, eles sabem que todos são humanos e susceptíveis a cometerem erros. Ninguém ainda se aperfeiçoou totalmente neste jogo, nem mesmo Faker ou Madlife. Mas as pessoas que são ótimas neste jogo reconhecem que erros acontecem, até mesmo os erros que eles próprios cometem. Não é sobre os erros em si, e sim como você reage a eles. Você nunca pode controlar exatamente o que acontece em um jogo de League of Legends, mas você pode controlar sua atitude.

3. Pare de pensar nos resultados e comece a pensar sobre o processo

Há pessoas que fazem planos a longo prazo, por exemplo, um plano comum que eu escuto é “Ah, eu vou pegar Diamante na próxima temporada”. Ou “Pegarei Ouro mês que vêm, vai ser fácil.”. Mas então eles simplesmente mantêm os planos dessa forma e começam a estender o prazo, ou simplesmente se contentam com um tier abaixo do planejado, satisfeitos.

Não se contente com pouco. E mais importante ainda, não perca seu tempo fazendo esses planos a longo prazo. Ter algo em mente é bom, mas não deve ser o seu foco principal. Em vez disso, tenha a postura mental de criar “objetivos sobre o processo”, coisas que você pode fazer em cada jogo para melhorar.

Alguns exemplos:

  • Eu vou sempre checar os itens do meu oponente sempre que eles voltarem pra lane e também ver se eles tem uma Ward ou não.
  • Eu lembrarei do tempo de recarga do flash do meu oponente e comunicar ao meu carregador da Selva.
  • Eu não criticarei nenhum dos meus companheiros de equipe, e se eu estiver sendo xingado eu simplesmente os ignorarei.

Quando você cria esses objetivos, você está essencialmente se dando uma avaliação honesta. Eu cheguei a cumprir esses objetivos? Isto significa que eu preciso trabalhar mais neles para que eu consiga cumpri-los a cada jogo? Talvez seja um objetivo mecânico que você não conseguiu alcançar, como pegar 100 tropas aos 12 minutos de jogo, ou talvez seja um objetivo mental, como não conseguir resistir à vontade de gritar com seu carregador da Selva por dar pro seu adversário de lane os double buffs ou não gankar a sua lane, fazendo você a perder.

Avalie-se. Pense sobre o quão bem você conseguiu alcançar esses objetivos em uma escala de sua escolha. Se você ficou completamente satisfeito, se dê nota 10. Talvez você não tenha ficado tão satisfeito com alguns processos – agora você sabe onde você precisa direcionar o seu esforço e tempo.

 

4. Saiba que nada vai te incomodar ou te irritar, e você estará em um melhor estado de espírito.

Eu vejo raiva e frustração, por fim, como emoções necessárias. Você seria um psicopata se não sentisse nenhuma dessas emoções. Porém, elas são impedimentos para você jogar teu jogo tão bem quanto você poderia. Tensão acaba com o foco. Estresse prejudica o bom julgamento. Eles atrapalham a já massiva quantidade de esforço necessário que você precisa para jogar o teu melhor.

Jogue tudo isto fora. Entenda que quando você ou um companheiro de equipe cometer um erro, seja falhar ao usar um flash ou errar um stun, aceite isto e continue a partir dai. É claro que a aceitação só deve acontecer quando você está dentro do jogo. Depois do jogo, faça uma rápida análise do que aconteceu que levou você a cometer erros. Novamente, não se contente com pouco. Não culpe sua mediocridade ou resultados negativos nos seus companheiros de equipe. Aceitação não quer dizer que está tudo bem em não praticar para melhorar suas habilidades.

 

5. Jogar com um sentimento de que o resultado não importa é sempre melhor do que se importar demais.

O maior erro que a maioria das pessoas comete é deixar o modo que eles jogam ditar sua atitude no jogo. Se o jogo está bom, a atitude é boa. Se não, a atitude é ruim. Começam a pensar mal. Quando seu time está ganhando, está tudo bem deixar o jogo fluir. Mas quando seu time está perdendo, você precisa de disciplina para controlar seus pensamentos e pensar apenas no modo que você(sim, só você) quer jogar.

No final das contas, você não deveria ficar tão preocupado com o resultado da partida que você acaba ficando em um estado de espírito fechado e assustado. Você fica com medo de fazer jogadas erradas, qualquer passo errado que poderia pender a balança do jogo na direção contrária. Você também fica ainda mais desencorajado por qualquer jogada errada que os seus companheiros de equipe fazem.

Mantenha-se no presente. É a coisa mais fácil de dizer porém mais difícil de colocar em prática. Você está preocupado com a sua promoção? Não se preocupe, se você é realmente melhor do que os outros no teu elo você vai sempre ganhar mais jogos do que perder, lançando-se ao próximo tier com um MMR acima da média se você continuar perdendo suas séries de promoções mas ganhando mais jogos para voltar a ela, fazendo com que a sua próxima promoção seja mais fácil, e a próxima, e a próxima…

 

6. Tenha confiança, e acredite em si mesmo.

Se você não faz ideia do que confiança significa, considere isto. Jogadores confiantes pensam sobre o que eles querem que aconteça no jogo. Eles dão uma olhada rápida na tela de seleção de campeões e já sabem como será no geral a direção das teamfights, ou os itens que vão comprar. Eles sabem os limites de seu champion além das fraquezas de seu oponente. Pessoas que não possuem confiança pensam nas coisas que não querem que aconteça. Isto é confiança em poucas palavras. Não é arrogância, é simplesmente saber o que você quer que aconteça em volta de você no jogo.

Se você colocar dois jogadores de habilidades iguais juntos, mas um possui mais confiança do que o outro, 9 entre 10 vezes o jogador mais confiante ganharia a disputa, porque eles buscariam mais oportunidades.

 

7. Seja decisivo, comprometido e claro.

Você precisa confiar nas pessoas. É uma pena, mas você não pode confiar apenas em você.

League of Legends é um jogo em equipe, e apesar de eu ter certeza que todos nós desejamos poder confiar em um bom desempenho de nossos companheiros de equipe, as vezes isto não acontece, e é um fardo que precisamos carregar. Mas uma vez que fizermos isto, você precisa aprender a aceitar que esses são seus companheiros de equipe pra este jogo, e você vai ter que jogar teu jogo com eles.

Quando você se comunica com seu time, seja para conseguir um objetivo ou para uma jogada em potencial – seja claro sobre isto, e então quando for planejado, comprometa-se. Se você está gankando, decida isto vale o teu tempo, e se for, comprometa-se. Comprometa-se, comprometa-se, comprometa-se. Se você quer aquela torre no mid, comprometa-se. Não hesite e fique rodando entre defender bot e mid perdendo tempo precioso e não conseguir nenhum dos dois. Indique o que você quer fazer, e então comprometa-se.

Agora vá lá e coloque tudo isso em prática!

E você, tem mais alguma dica sobre a mente dos jogadores? Não deixe de comentar!

via Cloth5

Sobre Blitzcrank

o Grande Golem a Vapor. Redator do LegendsBR nas horas vagas.

Veja Também

Caso Zoe: Azir 2.0?

Parece que a criança hiperativa vai ficar de castigo por um bom tempo...