quarta-feira, 20 de novembro de 2019
Início / Artigos / Pré-Temporada 2015: diversidade estratégica
SemLag

Pré-Temporada 2015: diversidade estratégica

A temporada de 2014 está terminando – e aquela fase caótica que tanto prezamos se aproxima: a pré-temporada! Fiquem tranquilos, pois este caos não é sem motivo: esta é uma época importante para definirmos as fundações da evolução de League entre as fases ranqueadas e de partidas profissionais. Nos próximos dias, publicaremos uma série de artigos explorando a fundo as mudanças da pré-temporada, incluindo a selva (de novo!), objetivos e itens. Mesmo que isto não cubra 100% do que vem aí, queremos abordar os assuntos de peso antes de partirmos pra diversão. Por enquanto, vamos começar com algo em um nível maior.

Pré-Temporada: é só o começo

A pré-temporada é nossa chance de ajeitar o cenário. É o começo, e não o fim.
Haverá muitas mudanças em League em um curto período; com tantas variáveis em questão, esperamos que o jogo fique desconexo, imperfeito e precise de muitos ajustes no decorrer do tempo. Em outras palavras: estamos confiantes que levaremos o jogo na direção certa de forma geral, mas faremos correções de curso enquanto vemos estas mudanças se desenrolarem.
Mesmo que estejamos testando internamente a pré-temporada há meses, não importa o que façamos, os jogadores investirão centenas ou milhares (talvez milhões?) de horas a mais nas primeiras semanas do que poderíamos. Esperamos ver o que vocês farão com este novo conjunto de mecânicas e conteúdo inédito, e estaremos de olho nos seus comentários.
Agora, vamos falar de coisas boas!

Diversidade estratégica

Nesta pré-temporada, estamos explorando formas de apoiar mais diversidade estratégica em League of Legends. Se você arregalou os olhos agora, você não está só – “diversidade estratégica” é uma ideia bem vaga e abstrata. Não é só uma frase de efeito pra nós; é um foco profundo de nossa próxima filosofia de design. Para manter todos na mesma ideia, vamos dividir o que a diversidade estratégica significa para a gente e como a usaremos para melhorar nesta série de artigos.

A estrada menos trilhada

Quando falamos em diversidade estratégica, é uma conversa sobre as maneiras como você pretende vencer – os caminhos diferentes que seu time pode conquistar a vitória. Habilidade mecânica (chutes insanos do Lee Sin utilizando sentinelas) e tomadas de decisão tática (se embrenhar pela selva para preparar um ultimate perfeito da Orianna) são elementos importantes de perícia em League. No passado, nos concentramos muito em garantir que a perícia tática e mecânica seja poderosa e, embora não queiramos mudar isso, nós queremos melhorar o impacto e variedade de jogadas estratégicas.
No decorrer dos anos, os jogadores descobriram um monte de estratégias viáveis, como algumas focadas em lutas de equipe, investidas divididas, composições de cerco / ataque à distância, controle de objetivo, entre outras. No passado, quando uma das estratégias supracitadas era tão dominante que superava todas as outras, a gente não tinha muitas opções para realinhar isso além de enfraquecer Campeões que eram essenciais ao sucesso delas. Tipo o Shen na sua época das investidas divididas ou, mais recentemente, Ziggs e composições de impasse. Achamos que League é melhor com várias estratégias em jogo, então tivemos que botar Campeões na mira para que outros emergissem. Esperamos que o caminho que preparamos para a pré-temporada de 2015 nos permita criar um ecossistema onde várias estratégias prosperem… e se confrontem até a morte.

Vendo o que importa

Um tema comum que você perceberá é o foco em ataque especializado, mas defesa generalizada. Isto significa que sua estratégia de ataque será fortalecida ao se especializar nela. Se você quiser optar por uma estratégia específica, você se sairá melhor escolhendo uma composição de equipe e comprando itens que permitam esta estratégia. No entanto, para se defender deste ataque especializado, vamos oferecer as ferramentas necessárias de forma que contraestratégias estejam disponíveis para praticamente qualquer composição de equipe (por exemplo, um item que lhe permita enfrentar uma composição incomum de ataque intermitente). É esta a intenção para tantas mudanças aos objetivos ou itens; elas estão disponíveis à maioria das composições de equipe e podem ser alavancadas conforme necessário. Isto nos permite dar mais poder às decisões estratégicas sem que as partidas sejam decididas na tela de seleção de Campeão.
Outro foco maior está em aprofundar as demandas dos jogadores e Campeões para que existam mais formas de um Campeão expressar força e poder. Contemplamos reapresentar o valor aos caçadores da selva que podem fazer a limpa de forma rápida ou segura (tipo na Segunda Temporada), assim como aqueles que caem matando nas rotas rápido e cedo.

Uma prévia rápida

Realizaremos experiências em mudanças de objetivos (torres, dragão e Barão), a selva (um novo acampamento, tempos de ressurgimento, dificuldade, itens, recompensas… bem, tudo, né), itens (mais ativas situacionais poderosas!) e alguns sistemas principais (atributos por nível, tempo de morte, como funciona a regeneração de vida / mana). É muito para absorver e deve tomar mais tempo ainda para dominar em jogo, mas nós guiaremos vocês enquanto analisamos as decisões de design mais a fundo nos próximos dias. Cada mudança é feita para preparar a fundação que apóia mais diversidade estratégica – não importa qual Campeão você escolha para obter a vitória.

por Jigu via League of Legends

Sobre Blitzcrank

o Grande Golem a Vapor. Redator do LegendsBR nas horas vagas.

Veja Também

Caso Zoe: Azir 2.0?

Parece que a criança hiperativa vai ficar de castigo por um bom tempo...