Início / Notícias / eSport / YoDa comenta ida para RED Canids e o desafio de mudar de posição

YoDa comenta ida para RED Canids e o desafio de mudar de posição

SemLag

Na noite de ontem (27), a RED Canids pegou todos de surpresa ao anunciar a contratação de Felipe “YoDa” Noronha como seu novo caçador. 

Em conversa com a ESPN Games, o ex-meio afirmou que está pronto para o desafio de jogar na selva. “Eu tenho muita visão de jogo, estudo constantemente o meta, busco sempre ampliar meu conhecimento, procuro artigos de estrangeiros conhecidos. Resumidamente, estou sempre me dedicando”, revelou o jogador. “O meu problema é apenas a mecânica e a noção de match-up. O resto é mais o meu entrosamento com o novo time.”

Apesar de complicada, a mudança de posições no competitivo de League of Legends não é novidade. Na cena brasileira, o jogador Gustavo”Minerva” Alves já passou por quase todas as posições, inclusive indo do meio para a selva. Mesmo assim, YoDa explica que não está utilizando Minerva como exemplo.

“Acredito que ele seja mecanicamente muito bom, mas ele deixa a desejar na parte de rotação e controle de visão. Eu quero tentar ser o melhor nisso também”, afirma. “Talvez eu não consiga ser mecanicamente tão bom quanto ele, mas quero suprir isso com essa parte de calls e rotação no geral.”

Sobre seu convite, YoDa revela que a ideia partiu de Felippe Corradini, atual dono da organização, pouco antes de seu jogo pela Ilha da Macacada nas qualificatórias para o próximo Circuito Desafiante. “Ele veio ‘plantar a sementinha’ um dia antes do qualify da Ilha, mas eu não tinha dado certeza até então”, afirma.

Logo depois do qualify, ele [Felipe] voltou a falar comigo e eu aceitei, já que o projeto da Ilha era só até o qualify e a proposta era realmente muito boa.”, explica YoDa, dizendo que caso a Ilha passasse nas qualificatórias ele provavelmente continuaria na equipe.

Sabendo que parte do público considera sua contratação questionável, o jogador frisa que muitas pessoas confundem seu lado streamer com seu lado profissional e que não liga para críticas, pois elas sempre existirão. “Eu posso me dedicar e me tornar o melhor jungler do Brasil, mas sempre vai ter alguém pra menosprezar e criticar meu trabalho. Eu só fico triste com alguns comentários infelizes com o objetivo de me difamar ou me deixar pra baixo”, diz.

Mesmo sendo questionado, YoDa mostra confiança em sua nova equipe, principalmente com a chegada do suporte Dioud e por toda a experiência que os jogadores do time já passaram, incluindo Circuito Desafiante, risco de rebaixamento e os playoffs desta etapa do CBLoL 2016.

“Eu vejo os meninos com muita vontade de ser campeão. O que faltava no time era calma, maturidade e experiência para tornar tudo algo mais profissional e alcançar a vitoria. Acho que com as mudanças nas posições e com a entrada do Dioud esses fatores vão ser supridos”, afirma.

Em uma fase da carreira que define como “renovação”, YoDa aproveitou também para mandar um recado à torcida da RED Canids: “Queria agradecer a todos que estão confiando e acreditando em mim. E pro pessoal que está criticando, vou dar o meu melhor como jogador e como pessoa pra conquistar o coração de cada um e surpreender a todos positivamente.”

Fonte: ESPN

 

Sobre Max Pita

Jogador de LoL de level Diamante Canal de LoL: http://youtube.com/legendsbrcom Canal de Jogos: http://youtube.com/maxpita Twitter: https://twitter.com/max_pita Facebook: https://www.facebook.com/mitopita/

Veja Também

TORNEIO AMADOR OP! #28 – FERRO A PLATINAS

Torneio Hoje 19h - Ferro a Platinas Inscrições: Gratis Premiação: 40k RP + Ryze Triunfante Recrutamento: Deixe Nome de invocador, elo e função