sábado, 19 de setembro de 2020
SemLag

Por dentro do design: Gangplank Forças Especiais

Mantendo a tradição de criar uma skin comemorativa para os lançamentos regionais de League of Legends, a Riot preparou um visual novo para Gangplank que, como os jogadores notaram, é uma homenagem a um dos verdadeiros fenômenos pop do cinema brasileiro.

Batemos um breve papo com Edgar ?MeztliToltecatl? Monteon, artista de personagem diretamente ligado à criação desta releitura do Terror dos Sete Mares que não tem medo de se meter no meio da floresta, áreas de conflito urbano ou qualquer outra situação de perigo que somente um soldado de elite poderia encarar sem pestanejar.

Quais foram as principais inspirações por trás de Gangplank Forças Especiais?

Ambos os filmes da série “Tropa de Elite” que eu vi quando um representante da Riot Brasil veio para cá. Além do visual do personagem, eu queria capturar o que era a essência de que era estar em uma tropa de elite. É claro, eu ainda queria que ele parecesse Gangplank. Após assistir os dois filmes, eu tinha uma boa ideia de como abordar esta skin. Foi essencial manter o nível de tecnologia similar ao que era apresentado no filme.

Existem vários personagens que têm como objetivo parecer mais bacanas com um visual mais futurista, mas Gangplank poderia ser tão bacana quanto ao se ligar ao clima de “Tropa de Elite”. Eu queria fazê-lo parecer mais forte, mais resiliente.

Quando você teve a oportunidade de ver os filmes pela primeira vez, e o que achou deles?

Mais ou menos em maio de 2012, quando aquele representante brasileiro veio à Riot explicar quais personagens eram os mais populares. Eu, pessoalmente, gosto de ficar a par da situação de outros povos. O que acontece no Brasil em relação às drogas não é muito diferente do que se vê em países vizinhos nas Américas, então assisti os filmes. Eu os achei muito informativos, mas tendo em mente que eram filmes.

Entendo o que você quer dizer. Mesmo como uma obra de ficção, ele manda seu recado.

Apesar de League of Legends ser um jogo, ele conecta muitos indivíduos globalmente. Para algumas pessoas, nunca seria possível dizer um simples “oi” a um desconhecido no Brasil.

Sobre o novo e ameaçador uniforme do Gangplank, qual foi a inspiração nos dois filmes, e houve alguma outra inspiração?

Todo personagem de League tem algumas formas icônicas. Foi questão de combinar os dois visuais – Gangplank e os dois filmes. Acabamos tirando o formato original do seu chapéu, mas achamos que Gangplank era um personagem tão forte quando se trata de sua identidade que achamos o risco válido. O motivo pelo qual fizemos isso foi para trazer aquele clima de esquadrão a ele. Precisávamos de uma maneira de garantir que os jogadores brasileiros identificassem Gangplank como Nascimento, acho. Em essência, queríamos que ele parecesse feroz e furtivo – tal qual no filme.

Algumas pessoas achariam o uso de Gangplank (um pirata!) como um representante da lei uma escolha estranha. Qual a sua opinião quanto a isso?

Ele tem que seguir um código, seja de honra ou de liberdade. Gangplank mantém o seu próprio estilo. Por exemplo: no filme, os membros da tropa seguiam um código, mas foi interessante ver como Nascimento e seus seguidores tinham perspectivas diferentes no campo de batalha. Então não é como se ele tivesse mudado de um pirata terrível para um oficial da lei, ele continua sendo feroz – essencialmente, seja lá de que lado Gangplank estiver, ele lidará com as coisas à sua própria maneira.

De certa forma, Nascimento começa como um anti-herói no primeiro filme, e no segundo ele vê as coisas de forma diferente.

Correto. Mesmo como um anti-herói, eu apreciei ambas as perspectivas do Nascimento. Você poderia dizer que Gangplank seguiu o mesmo caminho. Algo a se pensar.

Bem, do conceito à realização, você gostou de como Gangplank Forças Especiais se tornou? Há algo que você gostaria de ter feito diferente?

Eu estou envolvido em alguns aspectos do processo criativo, mas na verdade foi um trabalho colaborativo. Havia um bocado de gente, eu incluído, que estava animado com esta skin. Da animação, som, efeitos visuais e texturas ao seu momento de lançamento, foi realmente recompensador ver algo ganhar vida para que outros possam apreciar.

Gosto de fazer jogos que alcancem pessoas de outras áreas do mundo. Criar isto para o Brasil foi incrível. Creio que aqui na Riot, todos são tão inspirados quando se trata da suas profissões que o Gangplank saiu seu melhor possível.

Sobre Max Pita

Jogador de LoL de level Diamante Canal de LoL: http://youtube.com/legendsbrcom Canal de Jogos: http://youtube.com/maxpita Twitter: https://twitter.com/max_pita Facebook: https://www.facebook.com/mitopita/

Veja Também

Torneio Amador Op! de Valorant #21

Torneio de Valorant do ToBeOp acontecerá segunda feira de graça com premio em dinheiro. Chame a galera e que vença o melhor