quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020
Início / Notícias / Diário de design: a evolução de Kha’Zix
SemLag

Diário de design: a evolução de Kha’Zix

Os Campos da Justiça estão prestes a ficarem mais perigosos com a chegada de Kha’Zix, o Ceifador do Vazio, em sua busca pelo primeiro lugar na cadeia alimentar. A jogabilidade de evolução de Kha’Zix influenciou seu design como um todo, das habilidades às artes, animação, vozes e história. Para saber mais sobre este predador supremo, David “ByronicHero” Dunne conversou com alguns dos Rioters que o ajudaram a virar realidade.

  • David “Volty” Abecassis (Designer de Campeões)
  • Steven “Socratocracy” Clay (Analista associado de controle de qualidade)
  • Alex “CaptainLx’ Lehman (Animador sênior)
  • Jon “20thCenturyFaux” Herlache (Designer de criação associado)
  • Josh “Huge and Fast” Smith (Artista conceitual associado)

ByronicHero: Como o conceito de Kha’Zix teve origem, e como ele evoluiu (sem trocadilho) para o Ceifador do Vazio que conhecemos agora?

Volty: A principal ideia de Kha’Zix é a deste cara que evolui. Ele tem mutações no decorrer da partida. Queríamos capturar esta jogabilidade. Isso foi algo tão forte e envolvente.

Era tão envolvente que quando finalmente tivemos a chance de fazê-lo, tínhamos cinco designers se reunindo e pensando, “Beleza, o que vai significar a evolução?”. Existiam todas estas possibilidades e sentidos diferentes poderíamos tomar. Quando você se aprimoraria? Como você se aprimoraria? Você escolheria uma evolução de um primeiro grau e depois outra de um segundo grau?

O que nós finalmente decidimos fazer foi escolher três de quatro e concentrar a mecânica de evolução em torno do papel. Simplesmente decidimos que Kha’Zix teria o papel de assassino, e você escolheria entre truques divertidos e bacanas de assassino para evoluir. Por fim, isto pareceu mais concentrado e divertido do que ter que decidir entre o Kha’Zix lutador e o Kha’Zix tanque… isso parecia amplo demais.

O que os fez criar Kha’Zix como parte do Vazio?

Volty: Ele não era tão “do vazio” no começo. Em vez disto, ele era um tipo de monstro louva-deus, mas o Vazio acabou combinando muito bem com a trama desta criatura que existe para consumir coisas para se tornar o predador definitivo. Ele tem estes poderes evolutivos, e isto já é um tema no Vazio. Você vê Cho’Gath que cresce, e Kog’maw cujo alcance fica maior e maior. Existe toda esta noção de aumento de poder por meio de melhorias biológicas.

20thCenturyFaux: Todos sentimos bastante que ele seria do Vazio, pois uma grande parte do terror do Vazio é que eles vêm para o seu mundo para destruir seu modo de vida e substituí-lo por seu próprio estilo de vida apavorante do Vazio. E isto realmente combina com os temas de evolução e extinção. Existe esta ideia de que existem coisas grandes, apavorantes, gigantescas e imparáveis. Crescer e se tornar uma forma de vida aterrorizante é uma grande parte do Vazio.

A ideia é que ele mata seus inimigos, cresce mais forte e depois se adapta dependendo contra quem ele luta. Tudo isto é parte de sua identidade básica, então faz sentido que o Vazio envie um infiltrado para cooptar as características de um mundo que eles invadirão.

Qual a relação de Kha?Zix com Rengar?

20thCenturyFaux: Estávamos trabalhando em Kha’Zix antes de trabalhar em Rengar, mas quando Rengar apareceu, simplesmente fez sentido colocar um contra o outro por ambos serem caçadores consumados, mas eles vêm de ângulos completamente diferentes. Rengar é guiado pelo ego – ele quer matar as presas mais perigosas e clamar pelos melhores troféus. Kha’Zix é muito conduzido por instinto. Quase não há ego nele. É mais uma história de crescimento – é quase como uma versão distorcida e do Vazio de se tornar um herói. Ele está se contorcendo e evoluindo e se tornando diferente e melhor de u ma forma que é muito condizente ao estilo de vida do Vazio. Eles são opostos, mas têm uma química incrível. De certa maneira, eles são a baleia branca um do outro.

Dar muita personalidade a um monstro pode ser desafiador. Eles precisas ter personalidades notáveis e definidas. Uma das coisas nas quais nos concentramos em Kha’Zix era este sentido de superioridade do Vazio. Por ele estar constantemente mudando e evoluindo, ele acha que este é o melhor jeito de existir, e se você não é desta maneira, você é uma forma de vida inferior. Não pegamos pesado demais nisso na dublagem, mas fica bem evidente. Ele está claramente consciente de seu lugar na cadeia alimentar acima de suas vítimas.

ByronicHero: Quais foram alguns dos desafios em fazer o sistema de evolução de Kha’Zix funcionar?

Volty: Um dos desafios imediatos era garantir que as evoluções não estavam simplesmente amarradas à habilidade que você aprimora. Você não precisa evoluir aquela que você quer maximizar primeiro. Na verdade, existem vários casos onde você não quer fazer isso. Tornar isto uma escolha em separado foi extremamente importante do ponto de vista de jogabilidade porque, de outra forma, as evoluções não somariam nada. Seria “Ah, eu aprimoro o meu Q, então eu evoluo o meu Q”. Você simplesmente faria isso rumo ao Q naquele momento. Você não estaria criando um segundo ponto de decisão, e as evoluções não te dariam nada de novo em se tratando da jogabilidade. Este foi o nosso primeiro desafio, e trabalhamos bem duro para satisfazer estes requisitos.

Socratocracy: Kha’Zix também foi extremamente desafiador de balancear. Diferente de um personagem tradicional que tem quatro habilidades ativas que você precisa balancear, você tem estas quatro habilidades em concerto com quatro evoluções. Então um dos problemas com os quais tivemos que lidar foi garantir que todas as evoluções estivessem equilibradas em relação às outras. Queríamos garantir que não houvesse uma que fosse obrigatória.

Volty: Você tem tanta diversidade de construções por você não estar somente escolhendo sua ordem de melhorias. Você está fazendo uma segunda escolha sobre qual é a sua ordem de evolução. Na verdade, isso fez os testes se tornarem realmente desafiadores. As pessoas jogam com ele, e de repente perguntam, “oh, e se eu evoluir o W primeiro?”. E aí eles acabam com um personagem e estilo de jogo completamente diferentes.

Nós realmente queremos garantir que toda combinação de evoluções tenha impacto. Não queríamos ouvir as pessoas dizendo: “eu evoluí Q, W e R, então agora farei isso em todas as partidas”. E não tínhamos tido o feedback. As pessoas parecem empolgadas com as evoluções que escolhem, e ainda mais empolgadas em tentar combinações diferentes depois.

CaptainLx: É, quando eu pego minha terceira evolução, ela sempre me faz querer a quarta, e eu acabo jogando outra rodada porque eu quero ter aquela que eu não consegui.

ByronicHero: Como a jogabilidade evolutiva de Kha’Zix influenciou sua arte e trama?

20thCenturyFaux: Evoluir realmente influencia todos os aspectos de Kha’Zix. Ele destranca até mesmo frases extras em sua dublagem à medida que evolui. Ele tem duas frases extras de movimento e ataque para cada evolução, e ele tocará a soma delas à medida que você evolui novas características.

Volty: Isso é bem divertido, na verdade. Queríamos fazer o mesmo com as animações. É realmente visceral. Quando você evolui, você pode brotar asas e começar a se mover com pequenos saltos e flutuações e começará a dizer coisas como “minhas asas estão inquietas!”. Quando você escolhe uma evolução, ela tem um grande efeito em sua jogabilidade.

CaptainLx: Este é, de longe, o personagem mais complexo que animamos até agora. Normalmente temos dois animadores em um Campeão, mas para Kha’Zix alocamos quatro. Tínhamos um animador concentrado somente em seu ciclo de corrida, com todas as animações possíveis, e todas as sutilezas dos pequenos espasmos de insetos, e por aí vai.

Ele provavelmente foi o personagem sobre o qual mais conversamos estrategicamente mesmo antes de começar a trabalhar nele. Começamos a falar sobre este personagem há seis ou oito meses. Nos planejamos com muito cuidado. Houve muitas ideias, mas por fim, incluímos muitas mudanças ao sistema de animação para acomodar Kha’Zix de forma que pudéssemos animá-lo por todas as suas evoluções diferentes.

Um personaem normal tem uma média de 22 animações. Este personagem tem umas 40. Algumas são realmente sutis, mas fazem uma grande diferença. Por exemplo, assim que botamos este pequeno espasmo nas antenas, imediatamente tivemos o retorno das pessoas achando que ele era um ser pensante, em vez de somente um monstro.

Quando o criamos, nós o animamos com todas as evoluções. Nós sempre animamos mesmo que as asas estivessem de fora, as garras fossem grandes e os espinhos estivessem lá. E então, quando ele não tem estas evoluções, nós tiramos. Parece desajeitado, mas isto tornou possível criá-lo com 40 animações em vez de, digamos, 80. Pois de outra maneira, o que aconteceria é que você teria que acumular tudo em cima da animação de nível mais baixo, e as coisas começariam a se sobrepor e dar problemas e teríamos que ajustar.

ByronicHero: Quais foram alguns dos desafios de capturar todas as evoluções diferentes na arte conceitual de Kha’Zix?

Huge and Fast: Eu decidi criar sua imagem no estado em que ele tem suas três primeiras habilidades evoluídas, simplesmente porque ele é mais reconhecível em sua cor base. Isto ajuda a mostrar o quanto ele se torna poderoso se você mostrá-lo com tudo evoluído. Eu trabalhei na arte do Rengar, então foi divertido entrar nessa porque eu sabia da trama interligada.

Ele foi difícil porque tem uma silhueta muito louca. Era difícil achar um ângulo que realmente apresentasse o formato de seu corpo e o quanto ele parece bacana, pois ele tem muitas partes. E tambem porque, como dissemos, ele tem poses muito diferentes – ele pode ser ereto e ameaçado, ou pode ser agachado. O ângulo de câmera sugere que o espectador está sendo perseguido e encurralado em uma floresta de Runeterra. Então definitivamente há este sentido de que ele não faz parte de lá, e que ele é realmente alienígena. Eu realmente gostei disto, e acho que o contraste realmente ajuda a capturá-lo. Eu pude pirar um bocado com as cores porque ele tem tantas cores iridescentes, e as coisas mudam de tons em pontos diferentes de seu modelo.

Volty: Houve muito trabalho para que ele saísse ceritnho, pois no fim do dia as animações, modelo, textura, dublagem, jogabilidade – todas estas coisas estão mudando com base no estado de evoluções. Tem sido um desafio, mas eu estou super satisfeito com o resultado.

Para saber mais sobre Kha’Zix, veja as matérias anteriores:

Sobre Max Pita

Jogador de LoL de level Diamante Canal de LoL: http://youtube.com/legendsbrcom Canal de Jogos: http://youtube.com/maxpita Twitter: https://twitter.com/max_pita Facebook: https://www.facebook.com/mitopita/

Veja Também

Melhor deck sem campeões, o mais barato e forte!

Guia de um dos deck mais Op mas com certeza o mais barato do Meta, sem campeões esse deck controla e vence no late game